A Difícil Missão de Inserir o Brasil no Mundo Desenvolvido

O que é este mundo moderno e desenvolvido que tanto a humanidade sonha ter e por que tão poucos países desfrutam dele? O que fizeram? O que fazem? Que mudanças necessitamos para chegar lá?

Um mundo onde a educação de qualidade é acessível a todos, onde há poucas diferenças sociais, onde todos tem acesso a água potável, esgoto tratado, saúde pública de qualidade, onde a maioria consome o que precisam, viajam, se divertem e vivem em segurança.

Liste os países do mundo que atingiram este estado desenvolvido e verá que todos estes países seguem um mesmo padrão de governo, social, econômico e o Brasil não está conseguindo chegar perto!

Não vou listar aqui os países, basta você ir na lista da ONU onde estão os países de maior IDH e economias estáveis e verá quem são eles!

Quais as características em comum destes países?

O PRIMEIRO DESAFIO FOI VENCER SUAS CRENÇAS POLITICAS, IDEALISMOS, ESQUECER QUE O SOCIALISMO, O COMUNISMO E REGIMES TEISTAS VÃO NOS LEVAR A UMA SOCIEDADE IGUALITÁRIA, DESENVOLVIDA, MODERNA E INCLUSA. NENHUM DOS PAÍSES QUE ADOTARAM ESTAS POLITICAS TIVERAM SUCESSO E ESTÃO TENTANDO MUDAR SUAS CONVICÇÕES PRA INCLUIR SUA SOCIEDADE NA MODERNIDADE E NO DESENVOLVIMENTO! VEJA ATÉ PAÍSES COMO A FRANÇA TENDO QUE MODENIZAR SUA PREVIDENCIA QUE GOVERNOS SOCIALISTAS DEFENDIAM.

Vamos analisar os itens que encontrei que são comuns aos países que conseguiram incluir suas populações na modernidade, qualidade de vida e a diferença com o Brasil. E nem vou falar de Japão, Coreia do Sul, Alemanha, Canada, Austrália, falemos do Chile por exemplo para que ninguém diga que estou comparando realidades diferentes. (próximas postagens)

1) VOTO DE QUALIDADE (melhorar o político)

Estes países não tem voto obrigatório, vota quem é consciente e quer melhorias, como no Brasil o voto é obrigatório o cidadão vai até a urna obrigado sem saber em quem votar e faz o famoso voto de protesto inconsciente ou vota naquele popular que lhe deu algum brinde barato e se vende facilmente.

 

2) MELHORAR A QUALIDADE DO POLÍTICO

O início da carreira política é ser vereador e a maioria entra nesta carreira pois não tem opção de trabalho, o salário geralmente é bom e se aposenta muito fácil. No mundo moderno os vereadores não tem salários pois são representantes de bairros, associações e aposentados de algum setor que trabalham para o bem comum da sociedade.

3) ZERAR EMPRESAS ESTATAIS

Todos os exemplos mundiais de governos bem sucedidos venderam suas estatais, aumentaram sua arrecadação e os investimentos nos seus países. Veja os exemplos no Brasil com telefonia que era uma fortuna antes de privatizar, com a Vale do Rio doce cabide de emprego de políticos e agora a segunda maior mineradora do mundo! Quero aqui dar um mal exemplo chamado PETROBRAS, um monopólio com os combustíveis mais caros do mundo! Controlados por governos incompetentes, hora está bem, hora está mal deixando uma instabilidade enorme para investidores e para o Brasil. A greve dos caminhoneiros ocorreu pois combustível tem controle estatal no Brasil, se houvessem várias empresas concorrendo não haveria como ocorrer! Os que se aproveitam desta maravilhosa empresa dizem: a PETROBRAS é dos Brasileiros! Mentira! A PETROBRAS é de poucos privilegiados, eu e você não somos donos dela. Pelo contrário, bancamos sua ineficiência e estamos pagando o preço dos desgovernos quando você paga um dos combustíveis mais caros do mundo! Abrindo um parêntese os combustíveis fósseis não tem futuro, somente os renováveis e o Brasil pouco investe neste setor deixando quase 80 Usinas de Etanol fecharem as portas neste ano de 2018.

4) LEIS TRABALHISTAS LIVRES

Quanto mais livre for pra contratar mais empregos vão existir, a França é o pais europeu mais cheio de leis trabalhistas, está tendo que tirar direitos exagerados pra gerar emprego. Os países mais livres tem menos desempregados que os países com maior carga trabalhista.

5) POUCOS FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS

No Brasil hoje os pais aconselham os filhos a serem funcionários públicos pois tem emprego com estabilidade, ganham bem, se aposentam com o teto e trabalham sem pressão. As populações cada dia mais conscientes estão pressionando o poder público para reduzir os gastos, reduzir pessoal e retirar privilégios, esta é uma tendência sem volta rumo a eficiência pública. O Brasil tem salários e benefícios públicos que somente economias muito ricas tem e mesmo assim ultrapassa algumas de grande porte! Ser funcionário público tem sido uma opção ao grande índice de desemprego e estabilidade no trabalho.

6) TROCA DA PREVIDÊNCIA PÚBLICA POR PRIVADA

Há uma tendência mundial em tirar da responsabilidade do governo este peso da previdência, pois nenhum governo vai suportar a quantidade de idosos na humanidade em curto tempo. Os números não fecham e vai ser um grave problema que tem que ser dividido com sociedade, os bancos e fundos de investimento. Muitos países já estão fazendo e precisamos correr com isto.

7) EDUCAÇÃO VOLTADA AO RESULTADO

Os governantes tem que incentivar quem termina o ensino fundamental, premiar quem termina o ensino médio e as melhores escolas receberem prêmio em dinheiro para o incentivo ao resultado. A única coisa que incentiva o trabalho e o resultado é a recompensa, premio, elogio, dinheiro, etc. Pois o ser humano é assim! Ideologia sem mérito não subsistem por muito tempo! Os governantes devem direcionar os cursos superiores para formarem o que o pais necessita e não vetando cursos que uma classe dominante exige pra reduzir a concorrência.

8) TODAS AS UNIVERSIDADES SEREM PAGAS

No Brasil os ricos fazem universidade de graça e os pobres tem que pagar por ela, ao mínimo as faculdades públicas deveriam aceitar somente alunos de escolas públicas sem renda. Ou quem optar por faculdade pública gratuita trabalhar onde o governo determinar em lugares onde faltam profissionais onde existe grande pobreza. A economia com a privatização das universidades seria investida em bolsas para os mais pobres e os melhores alunos.

9) EMPREENDEDORISMO E OS BANCOS

Nos países desenvolvidos o apoio ao empreendedorismo não é criando órgão e instituições de apoio tipo SEBRAE para inchar ainda mais o governo. É provendo recursos a fundo perdido para os inovadores, empreendedores iniciarem suas ideias. Em alguns países bancos privados apostam de 5% a 10% do seu lucro em inovações, se alguma delas vingar tornando-se uma grande empresa traz aos bancos grandes lucros. Aqui no Brasil matamos as boas ideias, emprestando dinheiro aos empreendedores, amarrando em um dos pés deles um peso com imposto enorme, no outro pé um peso com juros elevados e as mãos amarradas com encargos trabalhistas. Matamos as empresa antes delas vingarem e gerarem riquezas e empregos!

10) BANCOS

No Brasil os bancos não arriscam nada e ganham em tudo, inclusive os estatais que deveriam ser exemplo, praticam as mesmas taxas absurdas que todos. A maior empresa do Brasil é hoje a AMBEV porem logo atrás vem dois ou três bancos entre as 5 maiores. Nos países desenvolvidos os bancos estão bem abaixo das maiores empresas pois são instrumentos de fomento das empresas e não de si próprios. Por isto que toda empresa estrangeira que vem para o Brasil acabam usando do seu próprio banco internacional a pegar recursos de bancos brasileiros que praticam as mais altas taxas do mundo! PAÍSES COM EMPRESAS FORTES GERAM EMPREGOS RIQUEZAS E CONSUMO E CRESCIMENTO! SOMENTE BANCOS FORTES NÃO DESENVOLVEM UM PAÍS!!!

A maior parte da população e dos políticos desconhecem e não estimulam o desenvolvimento do Brasil, temos uma cultura do subdesenvolvimento praticada e mantida com eficiência por quem assume o poder no Brasil. Cada um de nós que queremos uma sociedade moderna e desenvolvida para o Brasil temos que ensinar e nos manifestar para desfazer esta cultura de 3º mundo.

O Brasil é um país rico, povo trabalhador, mas precisa melhorar a qualidade dos governantes para que esta riqueza chegue a todos pra desfrutarmos dela.

Eu até tenho uma teoria que nenhum pais aplicou ainda no mundo, acho que os governos deveriam dividir com a população o lucro do governo em forma de fundo previdenciário.

Sempre que o pais tivesse sobra de caixa por sua eficiência este valor iria para o um fundo previdenciário nacional dividido de igual modo para todos.

Assim todos trabalhariam para o bem comum de todos se fossem conscientes disto.

Vamos fazer a nossa parte, divulgando as iniciativas de um Brasil moderno e desenvolvido.

Eng. Marcos de Lima

Social tagging: > > >

Deixe uma resposta